Notas & Reflexões

Mais IHF

Instituto Hercule Florence e a Biblioteca Brasiliana Guita e José Mindlin recriam a Expedição Langsdorff em mapa interativo

terça-feira, 13 de outubro de 2020

A partir dos registros de Hercule Florence, IHF e BBM revisitam os locais por onde este artista e viajante passou entre os anos de 1825 e 1828

Na seção Voyage Fluvial du Tiété à l’Amazonie do conjunto documental L’ami des Arts livré à lui-même, escrita ao longo de vinte anos, Hercule Florence redige a última versão do diário sobre sua participação como desenhista na Expedição Langsdorff. A viagem de estudo de História Natural patrocinada pelo Império Russo e encabeçada pelo barão Georg Heinrich von Langsdorff, médico alemão naturalizado russo e cônsul da Rússia no Império do Brasil, percorreu mais de 13.000 km pelos Estados de São Paulo, Mato Grosso do Sul, Mato Grosso e Grão-Pará (a maior parte navegando pelos rios Tietê, Paraná, Paraguai, Tapajós e seus afluentes).

É a partir desse registro que o Instituto Hercule Florence (IHF) e a Biblioteca Brasiliana Guita e José Mindlin (BBM) revisitam os locais por onde Florence passou entre os anos de 1825 e 1828. O estudo resultou em um mapa interativo, desenvolvido após longo processo de pesquisa do historiador e biólogo, João Carlos Cândido Santos. 

Cada lugar sinalizado no mapa foi averiguado a fim de se obter o maior grau de confiabilidade possível. Dentre as fontes que corroboraram para sucesso do trabalho estão documentos anteriores, contemporâneos e posteriores ao Voyage Fluvial, a exemplo de outros relatos de viajantes, mapas, bases de dados cartográficas, relatórios institucionais e depoimentos de habitantes locais. Após a pesquisa, os locais foram georreferenciados em uma base cartográfica a partir do programa Google Earth. Para cada local descrito estão disponíveis de forma interativa não só imagens produzidas por Florence, assim como os respectivos trechos do diário. 

O mapa interativo está disponível tanto no site do Instituto Hercule Florence como no Atlas dos Viajantes.

Para saber mais sobre este projeto, assista ao vídeo no qual o historiador Jean Gomes de Souza entrevista o também historiador e biólogo João Carlos Cândido Santos, responsável pela elaboração do mapa, sobre os processos de pesquisa e confeccção dessa rica ferramenta.


Tags: expedição langsdorff hercule florence viagem fluvial