Notas & Reflexões

Os registros de Hercule Florence durante a Expedição Langsdorff

terça-feira, 11 de maio de 2021

Hercule Florence percorreu mais de 13 mil km pelos Estados de São Paulo, Mato Grosso do Sul, Mato Grosso e Pará, documentando em textos e desenhos suas impressões sobre a paisagem, os índios, a fauna e a flora

Personagem com múltiplos interesses e habilidades, Hercule Florence (1804-1879) ficou conhecido tanto como “artista viajante” quanto inventor. A mais célebre de suas criações foi a fotografia, por ele descoberta em 1833.

Nascido em Nice em 1804, criado em Mônaco e imbuído de grande curiosidade científica, Hercule Florence chegou ao Brasil em abril de 1824. Com apenas 20 anos de idade foi contratado como desenhista da Viagem Fluvial do Tietê ao Amazonas, empreendida pela equipe liderada pelo Barão von Langsdorff, Cônsul Geral da Rússia no Brasil.

Partindo do Rio de Janeiro em 3 de setembro de 1825, Hercule Florence percorreu mais de 13.000 km pelos Estados de São Paulo, Mato Grosso do Sul, Mato Grosso e Pará (a maior parte navegando pelos rios Tietê, Paraná, Paraguai, Tapajós e seus afluentes), documentando em textos e desenhos suas impressões sobre a paisagem, os índios, a fauna e a flora.

+ Confira o mapa interativo da Expedição Langsdorff

Os registros de Florence, ao lado dos trabalhos do artista alemão Rugendas (1802 - 1858) e do desenhista francês Adrien Taunay (1803 - 1828), constituem a única documentação completa dessa viagem.

As ilustrações, os documentos e as amostras relatadas pela expedição foram esquecidas por quase um século na Academia Imperial da Rússia, em São Petersburgo e redescoberto em 1930. Confira parte desses registros a seguir!

Fauna Hercule Florence
FLORENCE, Hercule - Pacú. Réduit. Cuyabá, 20 Avril 1827. Hercule Florence, fecit. - 1827 - Aquarela sobre papel - 20,6 x 28,7 cm - Arquivo da Academia de Ciências (São Petersburgo)
Fauna Hercule Florence
FLORENCE, Hercule - Tocano cachorro Gr. naturelle. Port du Rio-preto, Mars 1828. Hercule Florence, fecit. - 1828 -  Aquarela e nanquim sobre papel  - 21,3 x 30,7 cm - Coleção Arquivo da Academia de Ciências (São Petersburgo)
Flora Hercule Florence
FLORENCE, Hercule - Nº 5. Araticúm. Gr. naturelle. Guimarães 14 Mai 1827. Hercule Florence, ft. - 1827 - Aquarela sobre papel - 20,2 x 28,4 cm - Coleção Arquivo da Academia de Ciências (São Petersburgo)
Flora Hercule Florence
FLORENCE, Hercule – Nº 35. Fleur de l’abre appellé Embira-uçú. Gr. naturelle. Diamantino, Janvier 1828. Hercule Florence, ft. – 1828 – Aquarela e grafite sobre papel - 37,4 x 46,4 cm - Coleção Arquivo da Academia de Ciências (São Petersburgo)
Paisagens brasileiras Hercule Florence
FLORENCE, Hercule - Embira uçú. Environs de Diamantino, Janvier 1828. Hercule Florence, ft. - 1828 - Aquarela sobre papel - 49,3 x 35,3 cm - Coleção Arquivo da Academia de Ciências (São Petersburgo)

 

Etnografia Hercule Florence
FLORENCE, Hercule - Indiens Guanás. Cuyabá, Novembre 1827. Hercule Florence, f. - 1827 - Aquarela sobre papel - 21,5 x 27,5 cm - Coleção Arquivo da Academia de Ciências (São Petersburgo)
Etnografia Hercule Florence
FLORENCE, Hercule - Habitation des Apiacás sur le Juruenna. 25 Avril 1828. Hercule Florence, fecit. - 1828 - Aguada de nanquim sobre papel - 30,8 x 22,0 cm - Coleção Arquivo da Academia de Ciências (São Petersburgo)

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.
ACEITAR
Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.
ACEITAR