Notas & Reflexões

Pequena cronologia do processo fotográfico de Hercule Florence

quinta-feira, 19 de agosto de 2021

No Dia Mundial da Fotografia selecionamos alguns dos primeiros registros de Hercule Florence, precursor da fotografia. Confira o que o artista, viajante e inventor registrava sobre sua invenção mais célebre.

hercule florence
 
"Photographie", s.d.
FLORENCE, HERCULE - Photographie.
[Desenho da câmera escura] - s.d. - Tinta ferrogálica sobre papel - 20,6 x 19,1 cm Coleção Instituto Hercule Florence (São Paulo) - Foto Patricia De Filippi e Millard Schisler.

Hoje comemora-se o Dia Mundial da Fotografia. Para celebrar este dia, selecionamos alguns dos primeiros registros de Hercule Florence, precursor da fotografia, realizados em seu Livre d’annotations et de premiers matériaux, Coleção Arnaldo Machado Florence, Instituto Hercule Florence.

+ Leia também: Hercule Florence: pioneiro da fotografia no Brasil

15 de janeiro de 1833
Hercule Florence anota aquele que pode ter sido o seu primeiro registro sobre fotografia.

Eu acredito ver no futuro que um dia vamos imprimir pela ação da luz. Todo mundo sabe que a luz descolore objetos, pelo menos, eu vi que isso acontece com as dobras das peças indianas que ficam expostas à luz do dia. Se eu fosse químico, talvez eu conhecesse uma substância que colore ou descolore na luz, ou que mude de cor, ou que escureça. O nitrato de prata é, a única substância sobre a qual eu conheço a virtude de escurecer ao Sol. Mas o que seria preferível a tudo, é uma substância que do preto se torne branco, pela ação da luz, ou pelo menos, que sua cor se torne facilmente mais clara...”

 

20 de janeiro de 1833
O artista-viajante registrou suas duas primeiras experiências com o processo fotográfico. Em ambas usou uma câmara escura “muito imperfeita”, em suas próprias palavras, e nitrato de prata a essência do conceito fotográfico baseado no sistema negativo-positivo.

“O que eu disse no artigo anterior, [datado] do [dia} 15, foi confirmado hoje por duas experiências muito felizes.

+ Conheça mais sobre vida e obra de Hercule Florence

2 de fevereiro de 1833
No mês seguinte Hercule realiza algumas observações sobre seu estudo da ação da luz.

“A ideia mãe da impressão com luz, estabelece em princípio vantagens imensas; alguns inconvenientes permanecem, eles desaparecerão. Essa descoberta fará com que estudemos mais especificamente a ação da luz no corpo que será submetido à sua influência; e em seguida a ação química de um outro sobre este corpo, a fim de aumentar sua escuridão ou outra cor escura à perfeição.”

 

8 de abril de 1833
Sobre a busca de um agente fixador e a experiência com urina, Hercule anotou

"Embebemos um face de papel de carta e a expusemos ao sol, escondendo-lhe uma parte com um corpo opaco. A parte exposta escureceu. E, seguida, para evitar que a parte oculta sofresse a mesma transformação logo que exposta à luz, molhamos o papel, um pouco ao acaso, em urina, durante um quarto de hora”

 

22 outubro 1833
O inventor foi pioneiro no uso da palavra “fotografia” como mostra sua anotação em documento, que faz parte da Coleção Cyrillo Hercule Florence, datado de 22 de outubro de 1833. Já em seu Livre d’annotations et de premiers matériaux o verbo “photographier” foi empregado por Hercule em 21 de janeiro de 1834.

“É muito provável que possamos fotografar desenhos de uma maneira que eles sejam prateados no campo colorido, porque ele há meios de acelerar a redução ou revivificação do nitrato de prata pela luz. A amônia ajuda nessa redução.”

 


Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.
ACEITAR
Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.
ACEITAR